Polícia civil apresentou acusado de matar deficiente fisico com 32 facadas em Anápolis

A Polícia Civil, por meio do Grupo de investigação de Homicídios (GIH) da 3ª Delegacia Regional de Anápolis, efetivou a prisão em flagrante de Marlon Alves Vilela, 20 anos, acusado de matar Marco Antônio de Paula, de 40 anos, no último dia 30 de dezembro, no Bairro Calixtolândia, em Anápolis.

As investigações apontaram que o autor e a vítima brigaram no dia anterior ao crime, com ameaças recíprocas e, na madrugada do dia seguinte, Marlon esteve na casa da vítima e praticou o homicídio com vários golpes de faca.
Assim que foram notificados do crime, o delegado Cleiton Lobo e os policiais civis Gabriel e Marcus conseguiram localizar e prender o acusado no Bairro Calixtolândia, em menos de duas horas após o fato.

De acordo com o delegado, diante da confissão, Marlon Alves Vilela foi autuado em flagrante pela prática do crime de homicídio qualificado pela vingança e impossibilidade de defesa da vítima que era deficiente físico.
O autor foi recolhido ao Centro de Inserção Social de Anápolis e o inquérito está sob a responsabilidade da delegada Emili Bailoni que fará o envio do mesmo ao Poder Judiciário no prazo lega

Qual seu comentário a respeito disso?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *